Postagens

Mostrando postagens de 2017

QUEM ESTÁ CERTO? O BRASIL É MACHISTA OU FOMOS ENGANADOS PELO IPEA?

Imagem
QUEM ESTÁ CERTO? O BRASIL É MACHISTA OU FOMOS ENGANADOS PELO IPEA?Repare as fotos acima. Na contramão da campanha contra os resultados da pesquisa do IPEA,  em que muitas internautas postaram as fotos com a hastag #EuNãoMereçoSerEstuprada, eis que surge uma outra iniciativa, dizendo que os resultados da pesquisa servem para manipular a opinião pública. A esta altura do campeonato um pouco de informação, neste ano em que seremos cercados de pesquisas sobre a  opinião pública,  não é de todo um mal, estou correto? Se você concorda com este pretenso blogueiro, passemos pois a elas. Primeiramente quero elucidar três pontos (e deixo de lado a questão de amostras representativas neste post, o que, trocando em miúdos, diz respeito aos cálculos e à escolha em um determinado grupo de indivíduos, de uma parcela menor, de cuja opinião se extrai uma ideia sobre a opinião do todo, isto é, do grupo inteiro).  Vamos a eles: 1) Toda opinião pressupõe 2 elementos: um dado da realidade (que é o objeto da…

NEM TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA

Imagem
Os protestos ficaram mais bonitos em todo o mundo. O problema vai ser quando banalizar a forma, ou formato, o que aqui no Brasil acontece (Reprodução)

Nem toda a nudez será castigada






Por Marli Gonçalves Pronto, agora melou. Virou moda. Vira e mexe agora, em todo o mundo, alguém arria as calças, levanta a blusa, mostra os peitos, põe a própria na janela. Não é uma nova forma de protesto, mas está sendo atualizada, com mulheres lindas e loiras que se jogam no chão e esperneiam quando a polícia chega e as arrasta, gerando invariáveis fotos para manchetes.

Os protestos ficaram mais bonitos em todo o mundo. O problema vai ser quando banalizar a forma, ou formato, o que aqui no Brasil acontece muito mais rápido do que em qualquer outro lugar. Não faz um mês apareceu uma ativista em verde e amarelo, a Sara Winter, como ela própria se batizou. Apareceu, viajou para a Ucrânia e foi aceita - é, isso mesmo, tem de passar por uma espécie de vestibular com prova oral e prova prática, de capacidade de …

DOCUMENTÁRIO CONTA A HISTÓRIA DE REFUGIADAS QUE VIVEM NO BRASIL

Imagem
Divulgação – “Empoderando Refugiadas” – – Fellipe Abreu – Rede Brasil do Pacto GlobalDocumentário conta história de refugiadas que vivem no Brasil 1 de setembro de 2017 Com informações da ONU O documentário “Recomeços: Sobre Mulheres, Refúgio e Trabalho” conta a história de 10 mulheres em busca de oportunidades para recomeçar a vida. Vindas de países como Moçambique, República Democrática do Congo, Síria e Colômbia, as refugiadas compartilham alguns de seus desafios no Brasil. Lara (Moçambique) – Divulgação – “Empoderando Refugiadas” – Fellipe Abreu – Rede Brasil do Pacto GlobalO documentário é parte do projeto Empoderando Refugiadas, coordenado pela Rede Brasil do Pacto Global e realizado em conjunto com a Agência da ONU para Refugiados e a ONU Mulheres. Ao longo do projeto, as mulheres participam de encontros mensais sobre temas como planejamento financeiro e profissional, direitos como refugiadas, mulheres e trabalhadoras e habilidades práticas para melhorar o português e o empreendedo…

COMO FOI CRIADA A HETEROSSEXUALIDADE COMO A CONHECEMOS HOJE

Imagem
Direito de imagemALAMYImage captionA heterossexualidade não "estava simplesmente lá" desde sempre - e não há por que imaginar que sempre estaráComo foi criada a heterossexualidade como a conhecemos hojeO dicionário médico Dorland, de 1901, definiu a heterossexualidade como "um apetite anormal ou pervertido em relação ao sexo oposto". Mais de duas décadas depois, em 1923, o dicionário Merriam Webster definia a orientação sexual como "paixão sexual mórbida por alguém do sexo oposto". Apenas em 1934 a heterossexualidade teve o significado atualizado: "manifestação de paixão sexual por alguém do sexo oposto". Pessoas costumam reagir com incredulidade ao conhecer essas definições: "Isso não pode ser verdade", dizem. A sensação é de que a heterossexualidade sempre "esteve presente". Há alguns anos, circulava na internet um vídeo de um homem que perguntava às pessoas na rua se achavam que homossexuais nascem com essa orientação sexual.…